amor dos quinze
Meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder, ideologia, eu quero uma pra viver.
Chorão 
4 letras, 1 mania e vários significados: VISHE
Baladeira de ofício não gosta de compromiso .
                                                                  -  Bruna Melo
  • Baladeira de ofício não gosta de compromiso .

                                                                  -  Bruna Melo

apenasminhaspalavrasaovento:

Via iPad
Eu pensei que os seres humanos não chegariam a ser tão gananciosos por dinheiro até que acordei ao ver uma notícia na tv, em que numa cidade desconhecida para mim chamada Santa Maria, localizada no sul, morreram 231 mortos na taxa etária de 18/22 anos asfixiados e queimados em um incêndio, por serem barrados de não pagarem a comanda numa balada nomeada Kiss. Tudo isso porque queriam apenas se divertir. Por ser menor de idade, sempre sonhei com estratégias para entrar numa boate noturna mesmo sem contar com a permissão dos meus pais. Pensava que era uma obrigação que todo jovem frequentasse uma, sentir aquele espaço pequeno e caloroso e o timbre das caixas de som reverberarem nos meus ouvidos até sair dali surdo. Enquanto passava a notícia na tv, esses pensamentos me roubam a distração. Tento ao mínimo imaginar o quão fizeram para entrar naquela boate noturna, talvez adolescentes que passaram ali apenas pra comemorar a festa de formatura, talvez apenas frequentar o espaço pensando em tirar fotos e mostrar aos amigos do facebook que também não passa de um escravo da ditadura da felicidade, talvez jovens que foram ali se embebedar e mostrar o quão é superior e que pode fazer uma mistura exótica de whisky, vodka e smirnoff. Mas não são nessas coisas que me importam, mas sim a imagem agonizante de jovens da minha idade correndo num espaço pequeno e denso de fumaça sem saber que estão correndo para um banheiro e não para a saída de emergência. Apenas para morrerem em pilhas por causa de uma bosta de um alvará. O poder e a riqueza enlouqueceram até o Hitler, forçando as pessoas entrarem em câmaras de gás, e parece que a história aconteceu novamente por outro ângulo, forçando as pagar sem tomar consciência que tem fogo para todo lado. Eu acredito que o Brasil esteja chocado hoje, mesmo não tendo um vínculo com as vítimas e as famílias das mesmas. Não consigo chorar por coisas pesadas há muito tempo, um ponto inquestionável em mim, mas ainda estou chocado e eu sinto muito por não ter impedido tudo isso.
por Faro

Eu pensei que os seres humanos não chegariam a ser tão gananciosos por dinheiro até que acordei ao ver uma notícia na tv, em que numa cidade desconhecida para mim chamada Santa Maria, localizada no sul, morreram 231 mortos na taxa etária de 18/22 anos asfixiados e queimados em um incêndio, por serem barrados de não pagarem a comanda numa balada nomeada Kiss. Tudo isso porque queriam apenas se divertir. Por ser menor de idade, sempre sonhei com estratégias para entrar numa boate noturna mesmo sem contar com a permissão dos meus pais. Pensava que era uma obrigação que todo jovem frequentasse uma, sentir aquele espaço pequeno e caloroso e o timbre das caixas de som reverberarem nos meus ouvidos até sair dali surdo. Enquanto passava a notícia na tv, esses pensamentos me roubam a distração. Tento ao mínimo imaginar o quão fizeram para entrar naquela boate noturna, talvez adolescentes que passaram ali apenas pra comemorar a festa de formatura, talvez apenas frequentar o espaço pensando em tirar fotos e mostrar aos amigos do facebook que também não passa de um escravo da ditadura da felicidade, talvez jovens que foram ali se embebedar e mostrar o quão é superior e que pode fazer uma mistura exótica de whisky, vodka e smirnoff. Mas não são nessas coisas que me importam, mas sim a imagem agonizante de jovens da minha idade correndo num espaço pequeno e denso de fumaça sem saber que estão correndo para um banheiro e não para a saída de emergência. Apenas para morrerem em pilhas por causa de uma bosta de um alvará. O poder e a riqueza enlouqueceram até o Hitler, forçando as pessoas entrarem em câmaras de gás, e parece que a história aconteceu novamente por outro ângulo, forçando as pagar sem tomar consciência que tem fogo para todo lado. Eu acredito que o Brasil esteja chocado hoje, mesmo não tendo um vínculo com as vítimas e as famílias das mesmas. Não consigo chorar por coisas pesadas há muito tempo, um ponto inquestionável em mim, mas ainda estou chocado e eu sinto muito por não ter impedido tudo isso.

por Faro

Made in mamãe.
Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo.
Pc Siqueira